"Arrabentá bolha"


 

Começa assim:

"Cada bloguista participante tem de enunciar cinco manias suas, hábitos muito pessoais que os diferenciem do comum dos mortais. E além de dar ao público conhecimento dessas particularidades, tem de escolher cinco outros bloguistas para entrarem, igualmente, no jogo, não se esquecendo de deixar nos respectivos blogues aviso do “recrutamento”. Ademais, cada participante deve reproduzir este “regulamento” no seu blogue.”

 

Vamos lá ver se nos entendemos:

1. "Ter a mania",  é pensar que se é. Não quer dizer que se seja.

2. "Manias" ou TOC? Quem as tem, se as conta, dana-se!

3. As "manias" que se pensam ter, correm o risco de serem transmissíveis.

4.  A  virtude não se compadece com "manias".

5. Não é, de facto, mania. Detesto jogos de correntes.

 

Mesmo assim, para não pensarem que tenho a mania de ser um estafermo social, alinho, porque o boizinho pede. [Ele sabe que não o melindrarei, enquanto não tiver o meu catálogo da Eva Armisén.]

 

Gosta de berrar: "ARRABENTÁ BOLHA!" Eu também! Não é mania. É feitio!

 

Aos esquisitos,  por favor, não esqueçam de abrir conta no DSM-IV .

 

publicado por Capa Rota às 22:46 | comentar