O tique do dedo


 

Foi ontem, mas o tempo é relativo. CLAP! CLAP! CLAP! Aplausos às belas chapas batidas por Francisco Costa Afonso que, por esta altura, deve sofrer uma tendinite no dedo indicador, de tanto carregar no disparador! Lisboa, Tal & Qual. De lamber os dedos [!], com perninhas de frango guarnecidas com farinheira e batatinhas no forno! O meu autógrafo já cá canta, apesar de não lhe reconhecer a assinatura - Plim!

 

publicado por Capa Rota às 19:33 | comentar