Segunda-feira, 23.09.13

"Estou Vivo e Escrevo Sol"

 

Regressei ao corpo insuperável

à infância do ser, à inocência viva
Já não sou o meu nome, sou músculo suave

do fogo do universo
sou a liberdade límpida
de um rio silencioso que nasce
em cada instante do princípio do mundo

 

Não me pertenço
Os meus contornos
são os confins em que o teu corpo começa
O meu modo de ser é interrogativo e desce
ao centro do impossível e envolve
a totalidade inacessível
num enlace de água
em que o ser e o não ser se conjugam no real absoluto

 

Entre mim e ti não há pontes
a minha diferença respira

a tua noite e o meu dia, o teu sol e a tua lua

Estou vivo contigo na presença e na ausência

tu és tu, nada nos separa porque a separação

é a linha da aliança unitiva
a respiração do vivo amor entre nós
nos faz nascer.

 

António Ramos Rosa, 2002.

publicado por Capa Rota às 20:08 | comentar | ver comentários (2)
Terça-feira, 17.09.13

Is there a better reason to wear Old Spice?

[Low Roar, Patience.]

publicado por Capa Rota às 20:54 | comentar
Segunda-feira, 16.09.13

(coisas de menina, na estação)

[Goldfrapp, Annabel.]

publicado por Capa Rota às 20:09 | comentar
Quarta-feira, 04.09.13

(coisas de menina, de regresso ao trabalho)

Vira o disco e toca o mesmo: Miss Arght está desanimada. Não é de agora e prevê-se que a sua recuperação demorará tempo igual. De volta ao trabalho, desafia a mente de forma a encontrar, diariamente, pelo menos 10 maneiras de ser vulgarmente mediana.

 

publicado por Capa Rota às 16:21 | comentar
Segunda-feira, 12.08.13

Is there a better reason to wear old spice?

[Robert Doisneau e What'll I Do, Lisa Hannigan.]

publicado por Capa Rota às 19:09 | comentar

(coisas de menina, a que sabem as pessoas felizes?)

A maresia, tal como a felicidade, é um produto derivado e não vem todo de uma vez. Define-se condição, quando criada por várias qualidades indispensáveis. Tanto uma como a outra, não é solúvel no ar, apesar do forte impacto sobre todos os que se encontram próximo do litoral. Se, na estação, as pessoas felizes parecem saber a sal, nunca será demais alertar para os riscos de hipertensão, principal causa de morte e incapacidade no nosso país.

publicado por Capa Rota às 15:33 | comentar
Terça-feira, 23.07.13

In Motion

[Partir, from Joanna Lurie.]

publicado por Capa Rota às 23:43 | comentar

Postal Free

[Yo La Tengo, I'll Be Around.]

publicado por Capa Rota às 16:06 | comentar
Sábado, 15.06.13

Tales of Being Remarkably Well-Adjusted

[Gli Amanti Passeggeri, I'm so excited.]

publicado por Capa Rota às 14:11 | comentar

(coisas de menina, na mobilidade)

É claro que podia enunciar cientificamente todos os contras mas, para o caso, não importa. Está, finalmente, pronta para a partida, sem coordenadas de espaço e tempo e de todos os outros cinco sentidos. Enquanto aguardar por uma escolha tão inspirada e brincar ao faz de conta, a harmonia será total.

publicado por Capa Rota às 13:39 | comentar
Sábado, 01.06.13

Uma Chaleira que Apita é Assim

[Sean Lennon & Charlotte Kemp, Lavender Road, Live on RFI.]

publicado por Capa Rota às 16:14 | comentar

(coisas de menina, de pernas para o ar)

Virou-se o corpo para despejo da mente, solução de última hora, como outra qualquer. Não haja dúvida de que tem razão, que sangue não é tónico para o  cérebro. Pés, de novo, no chão, pronto. Ainda assim, sabe que recusar os seus conselhos parvos só aumenta a humilhação de lhes estar tão grata. Feliz dia, criança!

 

[London, 1956.]

publicado por Capa Rota às 15:53 | comentar | ver comentários (1)